domingo, 28 de julho de 2013

Back Around (Mini-Fic)





E mais uma vez eu era praticamente, não praticamente não, eu estava sendo obrigada a levantar da cama em pleno sábado a exatas: 7 horas e 30 minutos. Por que? Por que eu tinha que ir até a escola da minha irmã fazer não faço a mínima ideia. É, não tenho ideia mesmo! Enquanto as professoras ficavam falando eu ficava lá, escutando minhas músicas e não dava atenção para isso. Enquanto isso, Maddie que tinha 5 anos brincava com seus coleguinhas de classe. Minha mãe tinha dito que eu precisaria ficar até o final, pois aquilo era algo dedicado as irmãs e irmãos dos alunos para eles terem melhores convívios e blá, blá, blá. Eu não preciso disso! Minha irmã tem 5 anos, poxa!
Bom agora vamos ao ponto alto: Como de costume cheguei na escola as 8 horas, sentei nas classes de trás, pra ser precisa dessa vez na última. Maddie, viu seu coleguinha chegar e me deu um breve aceno com sua mãozinha. Sorri e a observei correr até lá e começar uma animada conversa com ele, parei de observa-los direcionando meu olhar a quem estava com seu coleguinha. Geralmente, quem vinha era sua irmã, Nicole se eu não me engano. Hoje quem havia aparecido lá era um garoto extremamente lindo! Sério, eu nunca tinha visto um garoto tão bonito quanto. Então eu decidi finalmente parar de secar, é secar porque aquilo ali não era mais encarar o garoto, não. E coloquei meus fones de ouvido simplesmente esperando para aquela reunião começar.
Não demorou muito para todos entrarem na sala de aula, olhei pela sala toda procurando aquele garoto lindo e não achei. Estranho, e triste. Algo me dizia "Não olhe para o lado, ele pode estar ali. Não olhe!" Achei bobagem, assim quando olhei me arrependi. O garoto no mesmo instante me olhou como se tivesse algo que dissesse a ele "OLHA ALI TEM ALGUÉM TE OLHANDO, OLHA NA DIREÇÃO AGORA E DEIXA MORRENDO DE VERGONHA". Vi ele dar um sorrisinho e rapidamente me virei, trocando a música sentindo meu rosto arder violentamente. Continuei mexendo no meu celular para disfarçar como sempre fazia e assim a reunião continuou, aumentei o volume da música que ouvia agora The Killers - Battle Born. Por Deus! Eu amava aquela banda. Eu amava aquela música. Eu amava aqueles integrantes. Eu amava o vocalista.
A "reunião" acabou normalmente, incrível, mas dessa vez eu estava com um humor melhor. Esperei ansiosamente para que minha mãe não percebesse isto. E, por azar, ela percebeu, mas eu consegui escapar dizendo que o dia estava bonito e não tinha nada mais. A semana passou normalmente, mas dessa vez, eu queria que chegasse no sábado! E principalmente, queria que ele estivesse lá. Ouvi Selena de segunda a sexta falando do garoto perfeito que eu ainda não sabia o nome. Não por falta de tentativas, eu tinha tentado procurar no facebook. Sei lá, hoje em dia as crianças são tão avançadas que em um momento pensei que ele também teria um. Não me chamem de stalker, ou obcecada  eu só sou um pouquinho curiosa. Sexta-feira eu estava relativamente feliz, sábado estava próximo demais! Resolvi me aprontar e dormir mais cedo nesse dia. Não precisava de horas e mais horas na internet. Não hoje.
No outro dia acordei 7 horas e 30 minutos como em todas as semanas, só que nesta, eu estava feliz. Feliz até demais. Minha mãe notou, mas não dei atenção a mesma. Me arrumei querendo parecer bonita, qual é, não custava nada. Uma calça, uma camiseta do The Killers, e um tênis. Tá legal, eu já disse que eu amo The Killers? Eu não costumava ser do tipo de garota comum que tinha os mesmos gostos de todas. Enquanto minhas amigas escutavam funk, eu me contentava em ser feliz escutando rock e pop. Meu cabelo foi penteado e rapidamente eu já estava pronta. Dessa vez, chegamos um pouco mais tarde e ele já estava lá. Nossa! Ele era lindo. Parei de observar o mesmo quando percebi um sorriso sendo atirado na minha direção, novamente, como da ultima vez peguei meu celular fingindo mexer nele. Maddie não me esperou, apenas saiu correndo, quando parei para observa-lá ela estava do lado do coleguinha dela. Deixei ela lá e decidi entrar na sala, no caminho, passei por eles e pude ouvir Maddie me chamar.

- Demi! - Ela gritou alegre.
- Oi? - Falei a olhando e sorrindo um pouco.
- Eu sou Frankie. - Disse o coleguinha de Maddie vindo até mim e atirando um beijo para mim, fiquei perplexa, mas comecei a rir um tempo depois. - Aquele bobão ali sentado é meu irmão, Joe! Desde que ele te viu aqui na escola não para de comentar com meus irmãos o quanto você é linda. Ai ele pediu pra mim te apresentar ele. - Ele falou sorrindo. Subi meu olhar até "Joe" que me olhava sorrindo dessa vez.
- Prazer. Joe. - Ele falou esticando a mão para me cumprimentar.
- Prazer. Demi. - Falei repetindo seu gesto, ainda perplexa.
- Então... Tudo bem? - Ele falou sem graça. 

Começamos uma conversa animada, tentando saber os gostos um do outro, o que me divertiu muito naquela manhã. Além de extremamente lindo, ele era divertido. A reunião começou, mas nós decidimos deixar essa passar! Qual é, nós não precisaríamos daquilo lá. Puft.
- Então... Eu vim de bicicleta, que tal se nós dessemos uma volta? - Ele falou sorrindo e eu estreitei meus olhos.
- Erm, bicicleta? Não é uma boa ideia. - Falei rápido.
- Por que? - Falou ainda sorrindo.
- Eu meio que não sei, sabe. Não tenho coordenação o suficiente pra isso. - Ri e ele me acompanhou.
- Sei. - Ele riu. - E o circo? Que tal ir até lá? - Novamente estreitei meus olhos.
- Circo? Hãm. Que tal outra ideia? - Sorri sem graça.
- Você não quer sair comigo? - Ele perguntou diretamente.
- Não é isso. - Eu falei tentando me explicar.
- Você não quer! Desculpa, sério. Não tem problema. - Ele falou.
- Eu quero sair com você. - Eu o cortei. - Eu quero muito sair com você! Nossa! Você não sabe como eu quero sair com você. - Falei e ele gargalhou.
- Então...? - Ele falou.
- Problemas com palhaços. Eu não sou uma pessoa muito normal, sabe? Primeiro, não sei andar de bicicleta. E depois, eu tenho medo de palhaços. É estranho. - Falei e ele gargalhou.
- Tá certo. Eu deixo você passar e me buscar para nós irmos ao cinema na sexta. Que tal?
- Deixa? Perfeito! - Falei rindo. - Certo, herm, a reunião acabou. Acho que tá na nossa hora.
- É mesmo. Então sexta na sua casa as 19horas? - Ele falou.
- Sim. Mas, espera, você não precisa de endereço? - Falou depois de eu ter me afastado um pouco.
- Joe stalker, prazer! Eu te segui até lá, mas não eu não sou maluco. Eu só queria ver onde você morava! Até sexta. - Ele falou e ai me deu um beijo demorado na bochecha. Sorri enquanto ele se distanciava.

A semana, ah! Eu nunca quis que sexta chegasse tão rápido, contava as horas, os dias e os segundos que faltavam para o cinema. Não aguentava mais de tanta ansiedade! Aquilo não era normal. Selena estava igualmente igual a mim, eufórica, passávamos horas e horas falando sobre isso igual duas idiotas. Rapidamente, para minha alegria, a sexta chegou. Acordei super feliz naquele dia, quando as aulas acabarão corri pra casa aguentando Selena comigo, tagarelando até não aguentar mais. O tempo passou rápido até demais e quando nós percebemos já estava mais que na hora de eu poder me arrumar. Certo, eu precisava estar bonita! Então, Selena, como sempre me deu uma grande ajuda com maquiagem, roupa, e tal. Decidimos que eu vestiria um shorts e uma blusinha, e nos pés, tênis. Nada demais, mas eu precisava estar no mínimo apresentável. Não demorou para a campainha tocar e eu receber Joe lá em baixo. Lindo! Quando me viu, um sorriso estampou seu rosto assim como o meu. 
Não demoramos muito até chegar ao cinema, fomos no caminho rindo, e escutando música. Quando chegamos lá, não demoramos a escolher o filme, pegarmos nossa pipoca e entrarmos na sala. O filme era um terror, eu gostava, mas não negava ter medo. Quando entramos nos dirigimos até o "final" diga-se, ultimas cadeiras, quando sentamos nos olhamos automaticamente e um sorriso surgiu em nossos rostos. Calmamente observei seus olhos e depois meu olhar caiu sob os lábios dele. Droga, droga, droga! Por que eu fiz isso? Subi meu olhar novamente para os olhos e vi que ele me observava. Novamente, meu olhar desceu e eu me amaldiçoei. Subindo novamente. De repente, ele foi chegando mais perto, mais perto, e quando nossos lábios se tocaram houve um estrondo na sala do cinema. Nos separamos rapidamente, devido ao susto, que não foi pouco. Mas droga! Precisava ser agora? Nos olhamos rapidamente e sorrimos, agora desviando a atenção para o filme.
Quando finalmente o filme acabou, saímos da sala, indo até um parque que tinha ali perto. Sentamos em um banco, sorrindo novamente um para o outro. E tudo aquilo voltou a acontecer. Me amaldiçoei bastante de novo, até que nossos lábios se tocaram, e finalmente nós nos beijamos. Perfeito, pude sentir um frio na minha barriga, não foi bem isso. Foi algo sei lá, estranho. Foi ótimo! Quando nos separamos com nossas respirações falhas sorrimos juntos e voltamos a conversar normalmente, nos beijando as vezes agora.
- Então pequena, te vejo amanhã? - Ele disse quando já estávamos na porta da minha casa.
- Claro, e eu? Te vejo amanhã? - Perguntei.
- Com toda a certeza. Esse é o motivo de eu ter ido lá nesses sábados, você. - Ele falou antes de nos beijarmos mais uma vez. 

E então, depois disso entrei sorrindo em casa, enquanto ele me encarava sorrindo apoiado no seu carro. E assim, fui dormir ansiosa para o que viria no outro dia pela manhã.




n/a: Heeeeeeeeey, gente!
Adivinhem quem voltou? É, eu! Me perdoem a demora, eu estava sim, querendo muito voltar. Mas a criatividade acabou não deixando, acabou que de uma hora pra outra dei pra querer escrever algumas coisas diferentes do que eu estou acostumada. Eu<< até gostei do resultado, espero que vocês gostem. 
Agora se eu passar algum tempinho novamente sem postar: Minhas aulas começam amanhã e agora, eu trabalho também. Mas, eu tenho tido algumas ideias pra mini-fics. Eu não sei se eu vou conseguir continuar a fic endless love, mas talvez eu consiga. Se não, quem sabe uma mini-fic não se torna uma fic né?
Enfim, sem mais enrolações, é isso!
Beijos, amo vocês! Obrigada por não me abandonarem espero que vocês gostem. Beijos.
Se quiserem conversar comigo: 

Twitter: jbffckrs / ask: proudjonato


6 comentários:

  1. OOi oi!!
    Tô adorando essa mini-fic!!
    Sério, já começou com beijemi, que fofo u.u
    Awnt, ataque de fofura com a Maddie e o Frankie!! Eles podiam se casar no futuro hahaha'
    Poosta logo >.<
    Beeijos <3

    ResponderExcluir
  2. Oi. Essa mine já é a+, preciso urgentemente do proximo capitulo. Coitada da Demi, por não saber andar de bicicleta e ter medo de palhaço ia perdendo o amado, mas ela conseguiu \o/
    http://sm-monster.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Estou divulgando um blog de criticas de fanfics.
    Foi criado um blog de criticas de fanfics. Faz também betagem de capítulos e dá ideias para novas fanfics.
    Se quiser participar o link é este:
    http://criticasdefanfics.blogspot.pt/

    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Bem ja estou apaixonada por esta mini fic
    Muito fofa
    Eu comentei no outro post como anonimo #acho
    Bem
    Posta logo
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Oi, desculpa me intrometer mas...
    Você poderia divulgar pra mim?
    http://minifics-jemi.blogspot.com.br/
    Agradeço desde já :D
    POSTA LOGO!!!!

    ResponderExcluir
  6. OI nova seguidora posta logo porque ta perfeito
    ME SEGUI LA NO MEU BLOG ? TO PRECISANDO DE SEGUIDORES E DIVULGA PRA MIM FLORZINHA
    http://tati-joeedemi.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Gostou da fic? Não gostou? Comentem e digam o quê vocês acham!